terça-feira, 5 de abril de 2011

Artigo- Prof. Eduardo Chagas-A AVERSÃO DO CRISTIANISMO À NATUREZA EM FEUERBACH

   Prezados participantes do GEM, segue abaixo o link com o artigo do Prof.Eduardo Chagas, intitulado A AVERSÃO DO CRISTIANISMO À NATUREZA EM FEUERBACH.

http://www.scribd.com/full/52367216?access_key=key-1u4e617xav8ddpsnxzn7

Um comentário:

  1. Natureza parece algo realmente incômodo ao cristianismo, porque a explicação cristã para a contradição insuportável ante um Deus Bom, seria logicamente o pecado, causa ontológica do mal, e da tão temida, e fonte de angústia, e inaceitável, finitude natural, a morte. Ora, se o pecado é a "natureza" do homem, aquilo que nele é genético e hereditário, os teólogos aprisionaram toda a biohumanidade nessa maldição a ser erradicada. Guerrear contra o corpo tornou-se por extensão comissão para violar a fauna, a flora e o planeta, sem preocupação ecológica nenhuma - talvez agora surge alguma, tardia; pois "o reino da matéria", sendo inferior e por direito e dever "divinos" sujeito à violência, pode ser destruído "racionalmente", submetido como em tal concepção está, à "lógica do espírito". Brilhante artigo, professor. Parabéns, e muito obrigado por permitir-nos a apreciação

    ResponderExcluir


Reunião mensal do GEM com a presença do Prof. Dr. Eduardo F. Chagas